segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Subo às nuvens de excitação e prazer

Embriagada por estonteante emoção
Sinto-te bater no fundo do meu cofre
Com meus dedos sacio  minha tesão
Que provocas, a quem por amor sofre
Cavalgo-te, desodorizada e demente
Subo às nuvens de excitação e prazer
Meu corpo de saudade estava carente
Por teu membro que me sabe satisfazer.
.............

7 comentários: