domingo, 12 de julho de 2015

"Carência do teu pau"

Naquela tarde em que recebi a visita do Filipe em minha casa, estava num daqueles dias de carência...Ele, como uma rapaz atencioso e amoroso,  e percebe quando eu preciso de algo, faz de tudo para que eu fique feliz.

Na chegada dele e quando fui para o cumprimentar, ele abraçou-me forte até eu sentir a sua respiração ofegante, como quem queria algo, que bem calhou, que, com a minha carência, nem pensei duas vezes, cedi ao seu carinho e, de imediato as roupas desapareceram, pois calor era muito, e a tesão era ainda mais.. O Pedro ofereceu-me momentos de verdadeiro carinho, onde eu pude retribuir, consolá-lo e ficar totalmente saciada. O Pedro tem um mastro capaz de nos levar ao céu...É um consolo poder fazer de tudo com ele.

Gostava que deixasse a sua opinião
Quando está carente, alguém o/a "conforta"?

2 comentários: